FANDOM


MJTV
Programa da TV Limoeiro Central
MJTV 2011
Gênero Telejornal
Transmissão original 3 de janeiro de 1983 - presente
País de origem Brasil
Idioma português
Apresentador(es) Limoeiro Central:
Denise Gross (1ª edição)
Mônica Luiza Guimarães (2ª edição)
SuperTV Alto Litoral:
Tina Paula Mendes (1ª edição)
Isadora Pinheiro (2ª edição)
SuperTV Planície:
Juca Gonzaga Neto (2ª edição)
SuperTV Serra+Mar:
Aninha Thomaz (2ª edição)
TV Frio Sul:
Keika Pinjhrito (1ª edição)
Do Contra Gavazzi (2ª edição)
Emissora de Televisão Original TV Limoeiro Central (Limoeiro)

MJTV é um telejornal local do brasileiro do Rio de Janeiro, exibido pela TV Limoeiro Central nos horários destinados ao Praça VT. exibido em duas edições, sendo a primeira edição de segunda à sexta logo depois do Encontro com Mônica Bernardes, e aos sábados depois da TV Limoeirinho e as vezes, o Vôlei, sempre de 12h00 à 12h50. e a segunda edição, de 19h15 e às 19h30, logo após da novela da seis.

HistóriaEditar

MJTV

Logo do MJTV de 2005 até 2011.

O MJTV nasceu em 3 de janeiro de 1983 para mostrar as principais notícias da cidade e de todo o estado do Rio de Janeiro. O jornal tinha apenas dez minutos e ia ao ar antes do Jornal Limoeiral, dividido em três blocos. O sucesso foi tão grande que, seis meses depois, o MJTV passou a ter duas edições: uma na hora do almoço e a outra, mantida antes do JL. Mostrando os problemas do dia-a-dia, o MJTV ganhou, dois meses depois, sua terceira edição (por volta das 23 horas). Hoje, o telejornal tem duas edições (ao meio-dia e às 19h). O MJTV - 1ª Edição tem em média 40 minutos, enquanto o MJTV - 2ª Edição tem 20 minutos.

Com novo formato desde janeiro de 2000 - que explora os debates entre a população e as autoridades, o MJTV procura ajudar a resolver os problemas do Rio de Janeiro com campanhas e discussões, cobrando soluções para melhorar nosso cotidiano, durante o seu tempo de exibição, o MJTV ganhou alguns dos mais importantes prêmios de telejornalismo. Em 2003, as conquistas foram muitas. Com a série "Rio Engarrafado", a premiação da Confederação Nacional do Trânsito prestigiou a equipe do jornal. A série "Os Olhos da Ponte", que mostrava a rotina da Ponte Rio-Niterói, conquistou para o MJTV o troféu da Associação Brasileira de Concessionárias e Rodovias. Também em 2003, o telejornal ganhou o prêmio "Qualidade Brasil" de melhor telejornal regional e o de melhor apresentador, entregue ao jornalista Quinzinho Gomes. E, por fim, o prêmio "Austregésilo de Athayde", conferindo ao MJTV o prêmio de melhor telejornal local da região metropolitana do Rio de Janeiro

Denise Gross é a atual âncora e editora-executiva da primeira edição do MJTV, às 12h, e Mônica Luiza Guimarães exerce as mesmas funções na segunda edição, às 19h10. e apresentado eventualmente e nos rodízios de sábado por Xaveco Lorota Titi Trigueiro e Jeremias Pereirão.

InteratividadeEditar

O MJTV lançou em julho de 2007, durante os Jogos Pan-Limoeiranos, o quadro "Sinal RJ", que é apresentado em um cenário virtual por Edmilson Ávila. O quadro tem como objetivo, mostrar tanto na 1ª edição quanto na 2ª edição do jornal, as condições de trânsito no Rio de Janeiro. Hoje o Sinal RJ é apresentado as 8:00, logo após o Bom Dia Barril, seguindo o novo horário de jornalismo local da Rede Limoeiro. O Sinal RJ também é apresentado durante a tarde, quando necessário.


LogotiposEditar


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória